Quadros e medidas

Está mais do que na hora de falar sobre o enquadramento de um mangá. As informações que estão aqui derivam do que vi e lembro dos livros que li. Se alguma informação está incorreta, por favor deixe seu recado que eu corrijo assim que possível, obrigada.

 

Tamanho da folha

Existem tamanhos diferentes de mangá, vou falar de apenas um tipo (o que o desenho é praticamente do tamanho de uma A4).

Começando do básico, A4 descreve o tamanho da folha. O tamanho A4 é aproximadamente o tamanho da folha que você usa cotidianamente, o tamanho da folha do caderno universitário, etc. Se o número aumenta, a área da folha cai para metade. Ou seja, para obter uma folha A5, dobre a A4 no meio e corte ela. Da mesma forma, a folha A3 é o dobro da folha A4.

Então o que é B4? Também é uma medida de folha, bem próximo, mas maior que a A4. A folha B4, dificilmente encontrada no Brasil (não achei nem na Casa do Artista) é a mais utilizada para desenhar mangá. A B4 tem o tamanho da A4 com o acréscimo das bordas de segurança para desenhar (A4 seria do tamanho do contorno C, da próxima figura).

 

Margens da folha

O desenho abaixo foi retirado do primeiro volume do How to Draw Manga.

A linha A refere-se à borda mesmo do papel B4. Se você comprar papel pautado específico para mangá, as linhas B, C e D estarão desenhadas em azul (o azul não sai na impressão do mangá, assim as linhas servem de referência sem atrapalhar o resultado final).

Agora vou da D para a B:

A linha D delimita onde terminam os quadros.

A linha C delimita a impressão do mangá, ou seja, onde termina a folha do mangá. Entre as linhas C e D, deixa-se geralmente em branco apenas com o número da página.

Contudo, para dar um efeito diferente, para tornar o visual do seu mangá mais dinâmico e interessante, ou mesmo para enfatizar uma cena, o desenho pode passar a margem D. Nesses casos, o desenho se extenderá até a linha B.

Daí você pergunta: por que na linha B, se a folha será cortada na linha C?

Resposta: Sim, tudo entre a linha B e A será jogado fora; mas geralmente é muito difícil desenhar na borda a folha. Então, nossa tendência é parar a caneta antes do que deveríamos, dando um aspecto artificial para tudo aquilo que se encontra na extremidade do papel. Se você desenhar até a linha B, a parte “estranha” será descartada, resultando em um desenho mais harmonioso.

Eu mesma não comprei a folha pautada e, agora, arrependo-me. Essas margens ajudariam TANTO! Então, por enquanto, penso em terminar as folhas que tenho, fazer o primeiro capítulo todo em um tamanho meio bizarro mesmo, pra futuramente importar as folhas B4. Afinal, nem cabe B4 no meu scanner  >< .

 

Distância entre os quadros

Existe uma regra geral de que cada quadro deve estar a 2 milímetros de distância dos quadros ao lado e a 5mm de distância dos quadros acima e abaixo.

O Kuragehime é um mangá com uma organização de quadros mais tradicional, então pareceu um bom exemplo. A página abaixo foi tirada do primeiro capítulo, de uma das primeiras páginas do mangá.

Em vermelho, destaca-se a distância vertical entre os quadros, de 5 mm.

Em azul, destaca-se a distância horizontal entre os quadros, de 2 mm.

Perceba que não é arbitrário. Essa configuração instiga o olhar a ir para o quadro mais próximo, o quadro ao lado e não o quadro abaixo, indicando intuitivamente para o leitor a ordem que deve ler o quadrinho.